Compatibilização de projetos – Como compatibilizar projetos!
C

Compatibilização de projetos – Como compatibilizar projetos!

Embora existam certas alfinetadas entre arquitetos e engenheiros, tudo isso deve ficar na forma de brincadeiras.

É essencial que esses profissionais, bem como os demais inseridos no planejamento e execução da obra, estejam sempre em harmonia e trabalhem em equipe, de modo que seja possível fazer a compatibilização de projetos.

compatibilização de projetos
Imagem: videoblocks.com

Compatibilização de projetos:10

Para compatibilizar projetos de arquitetura, é importante considerar os seguintes aspectos:

  1. Análise das necessidades do projeto: É fundamental entender o objetivo do projeto e as necessidades dos usuários para garantir que as soluções propostas estejam alinhadas com os objetivos do projeto.
  2. Análise do contexto: É importante considerar o contexto do projeto, incluindo aspectos como o local, o entorno, o clima e as regulamentações locais.
  3. Análise de viabilidade: É importante avaliar a viabilidade técnica, financeira e de tempo do projeto para garantir que ele possa ser concluído de maneira eficiente.
  4. Análise de impacto: É importante considerar o impacto do projeto nas pessoas, nas comunidades e no meio ambiente para garantir que ele seja sustentável e beneficie todas as partes interessadas.
  5. Colaboração: A colaboração entre os diferentes profissionais envolvidos no projeto é fundamental para garantir a compatibilidade entre as diferentes partes do projeto.
  6. Comunicação: A comunicação clara e eficaz entre todos os envolvidos no projeto é fundamental para garantir que todas as partes estejam alinhadas e que o projeto possa ser concluído de maneira bem-sucedida.

A compatibilização de projetos consiste em um modo de analisar todos os projetos que fazem parte de uma edificação e solucionar possíveis interferências existentes.

Desse modo, há a integração de todos os sistemas.

Dentre os projetos analisados, é possível citar: estruturas, arquitetônico, hidráulico, instalações, paisagismo, impermeabilização, elétrico, prevenção de incêndios e outros.

Basicamente, é como se todos esses projetos fossem sobrepostos, no intuito de encontrar irregularidades.

Um exemplo de problema que ocorre com frequência é o de vigas e tubulações hidráulicas se chocando.

Quanto antes o problema for identificado, melhor é, visto que, ainda na fase de projeto, é mais fácil fazer correções que durante a obra em si.

Imagem: revitalizei.blogspot.com

Muitos softwares permitem a sobreposição desses projetos, funcionando como uma grande ferramenta auxiliar e tornando o processo mais simples.

Ainda, é preciso que haja diálogo entre os diferentes profissionais.

Cabe ao gestor de projetos orientar todo o processo.

Vantagens da compatibilização de projetos

Pode parecer bobagem, mas compatibilizar os projetos ainda na elaboração gera uma economia de 5% a 8% nos custos da construção.

Isso acontece porque, ao sobrepor os projetos, é possível identificar e corrigir problemas antes que eles aconteçam na obra.

Em outras palavras, ao realizar a compatibilização, evita-se que um erro seja descoberto no momento da construção ou mesmo que ele, seja efetuado, o que significa um gasto para corrigir.

Quando os profissionais trabalham juntos, como equipe, há a redução até mesmo na quantidade de erros de projetos, visto que o diálogo permite que tudo seja feito em comum acordo.

Isso também poupa o tempo gasto para corrigir e alinhar os projetos.

Imagem: blog.render.com.br

Assim, é preciso que o coordenador motive os profissionais a trabalharem em equipe, tendo conhecimento das restrições que devem ser respeitadas durante a elaboração do projeto e almejando o mesmo objetivo.

As tecnologias, que estão cada vez mais avançadas na construção civil, tornam esse trabalho muito mais simples, de modo que podem ser usadas como aliadas no processo.

Referências: AeCWeb; Au.

E aí, gostou do artigo sobre como compatibilizar projetos?

Então deslize a tela para baixo e confira mais dicas como esta e não se esqueça de compartilhar com os amigos!

Então acesse aqui abaixo outros assuntos que irão lhe ajudar bastante no ramo que Arquitetura e interiores:

 

 

YouTube video
Gostou do post? Então acesse aqui abaixo outros assuntos que irão lhe ajudar bastante no ramo que Arquitetura e interiores:
html Copy code
Cursos de Arquitetura
Cursos de Arquiteturahttps://www.cursosdearquitetura.com.br
O "cursos de Arquitetura" é administrado pelo Designer Daniel Kroll e pela Arquiteta Luciana Paixão. Há mais de 15 anos, ambos atuam escrevendo sobre o ramo de design e decoração e são idealizadores do portal de cursos on-line de arquitetura A Arquiteta desde janeiro de 2013.